Filme rodado em Tabuaço compete em Hollywood

Realizada com o apoio do Município de Tabuaço, A Margem (The Edge) está na competição para Melhor Drama no Indiex Film Festival em Los Angeles.

Foi realizada em 2018 em Tabuaço e é uma das candidatas na corrida do Indiex Film Festival em Los Angeles com tripla nomeação, para Melhor Curta-Metragem Drama, Melhor Actriz pelo desempenho de Luísa Ortigoso e ainda a nomeação de Melhor Actor Secundário para Beto Coville, cujas ligações a Tabuaço o levam a dirigir e encenar o grupo de teatro local – TEATRAÇO – há mais de uma década.

A Margem, com realização de Rodrigo Tavares e cujo argumento contou também com a colaboração de Beto Coville, mereceu o apoio da Câmara Municipal de Tabuaço que, aliás, no mesmo ano, e também com realização de Rodrigo Tavares, patrocinou “Transfugo”, a curta que viria a ser a vencedora do prémio de Melhor Curta-metragem em Língua Portuguesa no Festival Internacional de Cinema, em 2019.

Para o presidente da Câmara Municipal de Tabuaço, Carlos Carvalho, que vê na 7.ª arte uma plataforma eficaz e com grande capacidade de promover e divulgar o território e a cultura tabuacense, “a cada produção, a cada selecção ou nomeação, o nome que sobressai, as imagens que se vêem são de Tabuaço e isso é a melhor publicidade na qual podemos apostar”.

A Margem acaba por ser uma produção de proximidade pela facilidade com que o público se identifica, ainda mais num território do Interior do país, onde a situação de cuidadores está muito presente na vida das pessoas. A Margem conta o drama de Maria (Luísa Ortigoso) que abdicou da sua vida para cuidar de João (Beto Coville), o irmão que após um acidente na juventude o deixou em estado vegetativo e, por isso, totalmente dependente.

Com sede em Los Angeles, o IndieX Film Festival apresenta mensalmente vários projectos independentes de todo o mundo com foco em filmes com baixo orçamento. Alguns dos vencedores poderão depois ser exibidos no Raleigh Studios em Hollywood.

,