Georges Dussaud expõe em Vila Real

O Museu de Arqueologia e Numismática de Vila Real (MANVR) está a celebrar o seu vigésimo aniversário e, para comemorar a data inaugura, amanhã às 18h00, uma exposição de 35 fotografias das gentes e paisagens do Douro pelo francês Georges Dussaud.

A coleção inclui imagens a cores e preto e branco, num trabalho que “capta não só o Douro das «paisagens vertiginosas» mas os rostos de quem a trabalha, de quem deixou a sua marca nas palavras ou no vinho, como é o caso de Miguel Torga ou José António Rosas”, lê-se no comunicado do Museu.

Dussaud começou a reunir imagens da região em 1985, tornando este acervo um importante documento sobre as gentes e paisagens do Douro.

A mostra resulta de uma pareceria entre o Museu do Douro e a Liga dos Amigos Douro Património Mundial, no âmbito do 10º aniversário da classificação do Douro pela UNESCO.

Aproveitando ainda os festejos de aniversário, o MANVR irá também inaugurar um novo espaço expositivo, onde contará a história do edifício que o alberga e que em tempos foi a Casa do Caminho de Baixo. O espaço contará ainda com várias exposições temporárias, cabendo à “História ao Café” as honras de estreia.

A entrada é livre, apenas limitada à lotação da Área de Exposições Temporárias do Museu.

,