Início Informação Cultura Inauguração do Conjunto Escultórico de homenagem a Aquilino Ribeiro

Inauguração do Conjunto Escultórico de homenagem a Aquilino Ribeiro

0
Inauguração do Conjunto Escultórico de homenagem a Aquilino Ribeiro

A obra vai ser inaugurada no dia 26 deste mês de fevereiro, na renovada Praça do Tabolado, junto aos Paços do Concelho, em cerimónia aberta a toda a comunidade.

É um conjunto escultórico notabilíssimo, composto por quatro peças, todas feitas em bronze e todas em tamanho real, de Aquilino Ribeiro rodeado por três lobos. Representa o período em que o escritor traduziu a resistência dos Povos dos Baldios num dos seus acervos literários mais afamados: “Quando os Lobos Uivam”.

A obra pública, de grande envergadura e forte impacto, promovida pela Câmara Municipal de Moimenta da Beira, é uma homenagem ao escritor, um dos maiores e mais prolíficos autores portugueses, de produção literária diversificadíssima que vai do romance ao conto, à novela, aos estudos etnográficos e históricos e também perpassa a biografia, a literatura infantil e o jornalismo polemizado.

Com a assinatura do escultor Daniel Castro Gamelas, com trabalhos já distinguidos em Nova York e obra apresentada em mostras individuais e coletivas em Portugal, Espanha e Estados Unidos, o conjunto escultórico permitirá um enquadramento de Aquilino Ribeiro com o espaço requalificado, integrando-o nas vivências culturais e sociais que ali forem desenvolvidas, bem como uma interação e uma proximidade muito direta com as pessoas, valorizando e simbolizando a relação que o escritor, e a sua obra, sempre procuraram manter com o povo mais anónimo.

“Estou certo que este notável conjunto escultórico de homenagem a Aquilino Ribeiro, corporizando a imagem telúrica do Mestre, além de valorizar enormemente a renovada Praça do Tabolado, engrandecerá também, por consequência, todos os outros nobres espaços aquilinianos do nosso Município, como a Biblioteca e a Fundação, a Casa-Museu, em Soutosa, no coração das Terras do Demo, o primeiro dos lugares sentimentais e literários do escritor, entre tantos outros sítios com a marca de Aquilino”, sublinha o Presidente da Câmara Municipal de Moimenta da Beira, Paulo Figueiredo, lembrando que quis muito prosseguir e concluir o projeto e o trabalho que nasceu e foi desenvolvido no anterior mandato autárquico do Presidente José Eduardo Ferreira e Vice-Presidente Francisco Cardia. “Estou-lhes muito grato”, enfatiza.

Exit mobile version