Morreu Agustina Bessa-Luís

Um dos nomes maiores da literatura portuguesa contemporânea morreu esta madrugada, aos 96 anos.

A notícia foi avançada pela comunicação social e entretanto foi já confirmada  pela biógrafa Isabel Rio Novo.

Agustina Bessa-Luís nasceu a 15 de outubro de 1922 em Amarante. Estreou-se como a romancista em 1948 com a novela “Mundo Fechado”. Ao todo, escreveu mais de 50 histórias e esteve ligada à comunicação social.

A autora portuguesa foi premiada múltiplas vezes ao longo da carreira, tanto no País como no estrangeiro. Escreveu também peças de teatro e guiões para televisão — vários dos seus romances foram adaptados pelo realizador Manoel de Oliveira. “A Sibila” e “Fanny Owen” são algumas das suas obras mais conhecidas.

O corpo da escritora será velado na cidade do Porto, local onde também se realizam as cerimónias fúnebres seguindo depois o corpo para Godim, Peso da Régua, local de onde era natural a mãe de Agustina e onde a autora passou boa parte da sua infância e juventude, e que tanto se reflete na sua obra.

,