Museu do Douro celebra Dia Internacional dos Monumentos e Sítios

Celebra-se hoje, dia  18 de abril, o Dia Internacional dos Monumentos e Sítios, data em que o Museu do Douro, em parceria com o ICOMOS (Conselho Internacional dos Monumentos e Sítios), vai apresentar publicamente a tradução portuguesa da Carta de Recomendações ICOMOS-IFLA sobre o património rural como património, aprovada na assembleia geral do ICOMOS a 15 de dezembro de 2017. A apresentação será no espaço do Wine Bar, 15h, no Museu do Douro.

O Dia Internacional dos Monumentos e Sítios é uma data promovida mundialmente pelo ICOMOS para assinalar o valor dos monumentos e sítios históricos e valorizar o património, alertando para a importância da sua conservação e proteção.

Este ano o tema escolhido é o “Património e Paisagem Rural”, procurando promover o entendimento das zonas rurais enquanto paisagem, e da paisagem enquanto património.

Neste sentido pretende-se estimular a perceção de territórios em permanente mutação, que acumulam os saberes e as práticas decorrentes de uma vivência continuada, em constante adaptação aos imperativos ambientais, culturais, sociais, políticos e económicos.

Para promover uma reflexão em torno da patrimonialização da paisagem em diferentes áreas, à apresentação do documento seguir-se-á uma mesa redonda que conta com a participação do vice-presidente da Comissão de Coordenação e Desenvolvimento Regional Do Norte; o diretor da Direção Regional da Cultura do Norte; o presidente da Câmara Municipal do Peso da Régua; o representante do ICOMOS – Conselho Internacional dos Monumentos e Sítios; o presidente da Liga dos Amigos do Douro Património Mundial e o secretário-geral da Associação de Municípios Portugueses do Vinho. Pretende-se que a partir de um documento orientador, se pensem questões significativas dos territórios rurais, em especial no Douro.

,