“Noite de Gala” do TRC prestou homenagem a Joaquim Cabral

0
“Noite de Gala” do TRC prestou homenagem a Joaquim Cabral

O galardão foi entregue ao homenageado durante a “Noite de Gala” que assinalou o 14º aniversário da reabertura ao público do Teatro Ribeiro Conceição (TRC).

Pelo seu “vasto, diversificado e profícuo percurso cultural, associado a uma permanente disponibilidade para abraçar causas sociais e solidárias, através de manifestações culturais, envolvendo pessoas, em especial lamecenses, de todas as idades e estratos sociais, descobrindo e projetando novos valores”, Joaquim dos Santos Cabral foi agraciado na noite de 23 de fevereiro com o Prémio de Mérito Cultural do Município de Lamego.

Durante o discurso de agradecimento no qual elencou as principais atividades de âmbito cultural que dinamizou, “Kym Cabral” sublinhou que “este reconhecimento não é só meu. Pertence a milhares de outras pessoas que ao longo de muitos anos me ajudaram a fazer coisas”. “No meu coração estão todos aqueles que me auxiliaram a construir tudo isto”, afirmou.

Na sua intervenção, o Presidente da Câmara Municipal de Lamego elogiou a “voz de comando e a batuta” de Joaquim Cabral na promoção de importantes eventos culturais e de cariz solidário, enaltecendo a perseverança e a determinação constante em promover novas realizações. No final, desafiou Joaquim Cabral a regressar ao TRC e organizar aqui novos espetáculos.

Ao recordar o processo de reabilitação deste equipamento cultural, o Presidente da Câmara Municipal destacou que a ligação de Lamego e dos lamecenses ao TRC é o “elemento mais importante que as obras conseguiram restabelecer”, elogiando ainda a dinâmica cultural que imprimiu à cidade e a formação de novos públicos.

A primeira parte da “Noite de Gala” foi animada pela atuação do “Grupo de Solistas da Orquestra Portuguesa de Guitarra e Bandolim”. O espetáculo “Músicas do Mundo – A Viagem de Circum-Navegação” apresentou um repertório semelhante a uma fita sonora imaginada da primeira volta ao mundo operada pelo navegador Fernão de Magalhães.