Oitava edição do Zigurfest já tem nomes e novidades

O oitavo ZigurFest já tem data e nomes, o festival que se realiza na cidade de Lamego regressa entre os dias 29 de agosto e 1 de setembro com algumas novidades.

Entre as confirmações já anunciadas temos David Bruno que irá apresentar o seu trabalho mais recente O Último Tango em Mafamude, aos lamecenses. Num tom diferente, mais rock e garage chegam, diretamente da margem sul, os Moon Preachers. Já da própria Zigur Artists, os Bardino traçam pontos comuns entre o jazz, o prog e o funk. A estes juntam-se ainda a libertação pop-punk de Vaiapraia e as Rainhas do Baile; a “música de pancada” de Scúru Fitchádu; a motrik incessante das Savage Ohms; a house onírica dos Terra Chã;  e a ferocidade noise-rock deste empreendimento portuense que dá pelo nome Sereias.

​“À semelhança do que tem vindo a ser habitual nos últimos anos, este espírito de descoberta ​volta a estend​er-se ​à cidade, ​com a promessa de que voltaremos a ​visitar ​locais tão únicos​,​ quanto improváveis”, afirma a organização do festival que se confessa conservadora quanto ao objetivo do evento, “mantemos, como sempre, uma perspectiva de risco​ que se quer saudável, tentando sempre fazer algo diferente de um ano para o outro. O que não muda é o caminho a seguir. Seguimos de forma paciente, sempre a olhar em frente sob o signo da descoberta, do novo, do desafiante – para nós, para as bandas e para a cidade. Não faria sentido de outra forma e é por isso que aqui a música se apresenta sem rótulos nem géneros, apenas com a urgência de ser descoberta e experienciada em plena comunhão”, avança a organização.

A edição deste ano do Zigurfest conta ainda com duas novidades, a entrada será livre em todos os concertos do festival e, para aqueles que quiserem montar tenda em Lamego durante o mesmo, o campismo será também gratuito.

O restante line-up e todas novidades sobre a edição de 2018 serão anunciadas nos início de Julho em conferência de imprensa no Porto.

,