Sopas e “binho” de regresso a Poiares

A aldeia de Poiares, Peso da Régua, recebe este fim de semana, dias 19 e 20, a segunda edição do Festival das Sopas e do “Binho”, uma organização da Associação Douro Inédito, com o apoio da Junta de Freguesia e da autarquia reguense.

Para esta segunda edição a organização está a preparar novidades, algumas delas ainda em segredo para surpreender todos os que por á irão passar.

Entre as novidades que já se conhecem estão “uma maior aposta na animação do evento com diversos momentos de animação com grupos de concertina, cantares e bombos”, conta-nos Jorge Teixeira, da organização que confirma ainda outra novidade, “este ano os participantes poderão também comprar uma caneca para beberem o vinho diretamente da pipa, gratuitamente”.

A decoração do espaço será outra novidade mas aí, as revelações são poucas, “quem aqui vier irá sentir-se dentro deste mundo dos vinhos que é o Douro”.

Outra alteração levada a cabo pela organização deste ano é a elaboração das sopas que “acontecerá no recinto com os potes ao lume para que os visitantes assistam a todo o processo”. Para além disso a quantidade de sopa produzida quase triplicará, “no ano passado confecionamos cerca de 240 litros de sopa e esgotaram rapidamente, este ano estamos preparados para produzir 600 litros e temos já 1000 tigelas encomendadas para que nada falte”.

O objetivo deste evento é “ar a conhecer as tradicionais sopas de vindima que se confecionam nesta época do ano”, dando assim a conhecer estes costumes a todos os forasteiros que visitam poiares nestes dias.

Para Jorge Teixeira, uma das grandes características deste evento é a mobilização que se nota em toda a aldeia, “as pessoas colabora, cada um à sua maneira, provando que a nossa união é forte e que juntos conseguimos chegar mais longe”.

O festival deste ano encerrará ainda com a eleição da melhor sopa, uma distinção atribuída pelos visitantes que poderão escolher a sua sopa favorita num cartão que lhes será entregue.

, ,