Vila Real vibra com a realização de mais um Circuito Internacional

Foto: Direitos Reservados

Depois de um primeiro fim de semana de corridas, entre 24 e 25 de junho, em que a prova rainha foi o Campeonato do Mundo de Carro de Turismo (WTCC), as corridas regressaram mais uma vez a Vila Real, entre 7 e 9 de julho, com a realização do 48.º Circuito Internacional.

O Circuito de Vila Real contou com cerca de 140 pilotos inscritos nas competições automóveis e um desfile de motos, que serviu para avaliar a capacidade da pista para acolher provas desta modalidade.

Rui Santos, autarca de Vila Real, afirmou à agência Lusa que esta foi “mais uma oportunidade para acelerar Vila Real na área do comércio, da hotelaria, do turismo e da animação. Este é o circuito mais desejado em Portugal”.

Como novidades para o 48.º Circuito Internacional de Vila Real, o autarca destacou o regresso à cidade de uma categoria internacional de fórmulas, com a vinda da Fórmula 4, acompanhada pelo TCR Ibérico (onde se inclui o Campeonato Nacional de Viaturas de Turismo), o Campeonato Nacional Legends, o troféu Super 7 by Kia e um Festival de Motos.

Tiago Monteiro conquista duplo no WTCC pódio em Vila Real

O português Tiago Monteiro (Honda Civic) foi  terceiro na principal corrida do Campeonato do Mundo de Carros de Turismo (WTCC), realizado entre os dias 23 e 25 de junho em Vila Real, reforçando a liderança do campeonato.

Após um segundo lugar na primeira final, realizada no passado dia 25 de junho, vencida pelo marroquino Mehdi Bennani (Citroen C-Elysée), Tiago Monteiro voltou a subir ao pódio, desta vez com um terceiro lugar, atrás do sueco Thed Bjork (Volvo S60), e do seu colega de equipa, o húngaro Norbert Michelisz (Honda Civic).

O húngaro, que tinha a pole position, liderou da primeira à última das 13 voltas da corrida no circuito urbano de Vila Real, terminando com 0,480 segundos de vantagem sobre Thed Bjork, com Tiago Monteiro a fechar o pódio a 1,720 segundos do sueco e a 2,2 segundos do vencedor.

“Por mim corria aqui todas as semanas. O público ajuda e motiva e por vezes até corremos alguns riscos, mas a atmosfera está fantástica. Portugal ama o WTCC e Vila Real fez um trabalho magnífico na organização desta prova, sabendo que a logística é complicada, mas foi magnífico”, afirmou Tiago Monteiro.

O presidente da Câmara de Vila Real, Rui Santos, garantiu que, se for reeleito em outubro, o circuito internacional é para continuar com o Campeonato do Mundo de Carros de Turismo (WTCC) ou uma prova semelhante.

“Hoje posso dizer garantidamente que, se tiver responsabilidades no futuro, assumirei esse compromisso”, afirmou o autarca socialista aos jornalistas após a primeira corrida do WTCC, em que o português Tiago Monteiro (Honda Civic) ficou em segundo lugar.

O presidente especificou que, se for reeleito nas autárquicas de 01 de outubro, “haverá com certeza WTCC em Vila Real ou algo que o venha a substituir de igual dimensão”.

O regresso das corridas automóveis a Vila Real foi uma promessa de campanha de Rui Santos, o primeiro presidente a ser eleito pelo PS na capital do distrito.

“Fiz mais do que aquilo que prometi. Trouxemos não só o circuito, como imediatamente no ano a seguir trouxemos o WTCC e a Taça da Europa de Carros de Turismo (ETCC).

Rui Santos recandidata-se a um segundo mandato à frente da autarquia transmontana.

A realização do WTCC em Vila Real estava garantida até 2017, o que aconteceu depois de a Câmara do Porto ter decidido suspender a realização do Circuito da Boavista.

A organização do evento envolve a autarquia local, o Clube Automóvel de Vila Real e a Associação Promotora do Circuito Internacional de Vila Real.

, ,