Externato Infante D. Henrique recebeu cerimónia da abertura oficial do Ensino Superior em Moimenta da Beira

0

O ano letivo iniciou-se a 11 de outubro, mas a cerimónia solene da abertura oficial dos dois Cursos Técnicos Superiores Profissionais, Informática Industrial e Assessoria e Comunicação Organizacional, ocorreu no passado dia 23 de novembro, com pompa e circunstância, no remodelado edifício do antigo Externato Infante D. Henrique, hoje escola superior.

“Conseguimos trazer para Moimenta da Beira um projeto ambicionado há décadas: o ensino superior, e, por isso, queremos muito que este primeiro ano possa ser um ano de continuidade e que o processo seja alargado a outras áreas de formação e transmissão de conhecimento. O ensino superior não tem que existir só em Viseu, Lisboa, Coimbra e Porto”, lembrou o Presidente da Câmara Municipal, Paulo Figueiredo, no discurso da solene cerimónia de abertura.

O autarca, que à mesa estava acompanhado por Miguel Ângelo Mota, Presidente da Escola Superior de Tecnologia e Gestão de Lamego (ESTGL); José Costa, Presidente do Instituto Politécnico de Viseu (IPV); e Hugo Bondoso, Vereador com o pelouro da Educação, acredita que o futuro do ensino superior em Moimenta da Beira “está assegurado e vai ser consolidado”. Uma convicção em linha com o que pensa o Presidente do IPV: “Este foi o primeiro passo aqui em Moimenta da Beira e nós esperamos que haja continuidade destes estudantes nos cursos de licenciatura e de mestrado na Escola Superior de Tecnologia e Gestão de Lamego. Este é o nosso objetivo, porque formar pessoas é naturalmente dar riqueza aos territórios, criar inovação, criar valor acrescentado e depois a Câmara Municipal tem o papel fundamental fixar os talentos”.

Lembrando que a criação do ensino superior em Moimenta da Beira se tratou de um acontecimento e de “um dia histórico”, Miguel Ângelo Mota, Presidente da Escola Superior de Tecnologia e Gestão de Lamego, sublinhou o esforço coletivo feito em prol deste objetivo comum. “Nem tudo foi fácil, mas conseguimos”, disse.

Já Hugo Bondoso, responsável pelo pelouro da Educação, afirmou que “a semente está lançada, e agora o que se deseja é que o ensino superior em Moimenta da Beira venha a ser uma presença robusta, acreditando que o céu é o limite e muito mais e melhor poderá ser feito… e vai acontecer”.

Na plateia estavam presentes o executivo da Câmara Municipal, o Presidente e membros da Assembleia Municipal, presidentes de Juntas de Freguesia, empresários e representantes de empresas, responsáveis de escolas e de organizações sociais e alunos dos dois Cursos Superiores Profissionais. Uma sala cheia!

Este ano letivo, perto de 40 alunos frequentam os dois Cursos Superiores Profissionais (CTeSP’s): Assessoria e Comunicação Organizacional e Informática Industrial.