Escolas de Mesão Frio baixa taxa de retenção e desistência escolar

Escolas de Mesão Frio baixa taxa de retenção e desistência escola| Foto: Ana Portela

Escolas de Mesão Frio baixa taxa de retenção e desistência escola| Foto: Ana Portela

O Agrupamento de Escolas Prof. António da Natividade, em Mesão Frio, baixou a sua taxa de retenção e abandono escolar, ocupando assim o 1.º lugar no ensino secundário em ambas as áreas.

Ao longo de dez anos foi registada uma diferença de 34,6 pontos percentuais, o que posiciona actualmente o Agrupamento de Escolas Prof. António da Natividade em 12.º lugar, em toda a região norte. Em relação à taxa de retenção e desistência, as escolas do município ocupam o 1.º lugar da tabela, baixando a taxa de 46,9% no ano letivo 2003/2004, para 12,3% no ano letivo 2013/2014.

Aldina Pereira, diretora do Agrupamento de Escolas de Mesão Frio, destaca o “empenho de toda a comunidade escolar, em manter o maior número de alunos em atividade neste concelho com uma difícil conjuntura económica e social, e que muito tem influenciado os resultados durante todos estes anos”.

De acordo com Alberto Pereira, presidente da autarquia, “o combate ao abandono escolar precoce é fundamental para promover o crescimento económico e a inovação, fortemente dependentes do conhecimento e da existência de mão-de-obra qualificada”. O edil demonstrou ainda que estes resultados são um motivo de “alegria” para o município, acrescentando que foram garantidas ”as condições necessárias a nível educacional”, sendo este “um fator que ajuda a atrair e a fixar população no concelho e que leva ao consequente rejuvenescimento da população”.

O ensino profissional tem sido um recurso para que o agrupamento consiga manter cerca de 700 alunos, 100 dos quais, no secundário. Os estudantes que não querem prosseguir os estudos no Ensino Superior têm a possibilidade de escolher entre dois cursos: Informática e Comércio, que conferem um certificado do 12.º ano e competências para entrar no mercado de trabalho. Segundo Aldina Pereira, “se não houvesse esta alternativa, estes alunos teriam desistido no final do nono ano”.

 Ao sucesso do agrupamento, não é alheia a parceria com outras entidades concelhias, com destaque para a Câmara Municipal de Mesão Frio.”A autarquia nestes últimos anos tudo tem feito para ajudar os alunos a manter o sucesso escolar, nomeadamente através da cedência gratuita de transporte escolar a todos os alunos, da comparticipação no custo dos livros do 1.º Ciclo, que varia entre 50% e 100%, dependendo do escalão e ainda, a comparticipação de material escolar necessário a todas as atividades”, sublinhou Alberto Pereira.

 “Há ainda um plano de apoio à beneficiação de habitações onde vivam preferencialmente jovens e idosos e bolsa de estudos para os alunos do Ensino Superior”, destacou o edil, salientando que “a juntar a tudo isto, há atividades extracurriculares que são também essenciais na aprendizagem dos alunos e que a Câmara Municipal tem garantido, como um atelier de pintura, um coro infantil, um atelier de dança, a universidade júnior, entre outras atividades desportivas, lúdicas e pedagógicas, bem como transporte nas visitas de estudo e estágios profissionais”.

, , ,