“Gosto da Minha Terra” supera expectativas do município

O evento realizou-se no dia 8 de novembro

O evento realizou-se no dia 8 de novembro

No dia 8 de novembro, em Granja Nova, Tarouca, alguns residentes do concelho juntaram-se numa iniciativa repleta de atividades de cariz religioso, cultural e recreativo.

“Gosto da Minha Terra” é uma iniciativa do município de Tarouca que, com o apoio da União das Freguesias de Granja Nova e Vila Chã da Beira, mobilizou a comunidade num dia de atividades realizadas em Granja Nova.

Estas atividades permitiram “envolver toda uma comunidade na preparação de um projeto, congregando esforços, vontades, dedicação e empenho dos habitantes locais” afirmou Valdemar Pereira, presidente da Câmara Municipal de Tarouca, ao salientar a importância do evento, acrescentando que foi “um conjunto de iniciativas onde prevaleceu a animação”.

“Num concelho rico em cultura e tradições, o envolvimento ativo das populações locais em torno de iniciativas e eventos catalisadores que estimulem a divulgação dos seus hábitos, usos e costumes, constitui uma forma de promover e valorizar o desenvolvimento local”, declarou o presidente da autarquia.

A iniciativa realizou-se em Granja Nova e, segundo o autarca tarouquense, “sempre em parceria com as juntas de freguesias de cada localidade, futuramente a atividade será estendida às restantes povoações do concelho”. Este alargamento do evento às restantes freguesias de Tarouca, “incutirá uma atitude proativa no que concerne ao envolvimento em iniciativas culturais do município”, afirmou, revelando que o executivo municipal pretende manter e aumentar esta iniciativa nos próximos anos.

O certame foi realizado pela primeira vez no município e o presidente Valdemar Pereira faz um balanço positivo da iniciativa, revelando que “foram superadas todas as expectativas, tendo sido extremamente gratificante para este executivo constatar o regozijo da população pelo convívio promovido, que aproximou ainda mais os habitantes locais e desenvolveu um maior sentimento de pertença e orgulho pela sua terra”.

, , ,