Medalhas de Ouro, Arte e Música no Aniversário Municipal

Foto: Direitos Reservados

Foto: Direitos Reservados

Sabrosa assinalou no primeiro fim de semana de novembro, os 180 anos da criação do seu concelho e o consequente Dia do Município. As comemorações começaram na tarde de sábado no Espaço Miguel Torga em S. Martinho de Anta com a assinatura do protocolo de colaboração com a Soamar -Brasil em Portugal.

Um dos pontos importantes deste fim de semana foi a assinatura do protocolo de colaboração com a Soamar-Brasil em Portugal, uma cerimónia pública onde esteve presente o seu presidente, Rui Victória e a coordenadora nacional, Antonieta Dias e que pode abrir novos horizontes de cooperação em diversas áreas, nomeadamente ligadas aos recursos fluviais, recursos naturais e defesa do ambiente, investigação e conhecimento.

Seguiu-se a inauguração da Exposição de Gracinda Marques, “Ponto de Singularidade” cuja obra foi apresentada por Augusto Macedo. Um trabalho intimista de dimensão espacial em que a pintura, desenho e escultura se entrelaçam com a escrita numa harmonia de criatividade e sentidos plenamente conseguida.

O Dia do Município evocado na manhã de domingo, ficou assinalado com a entrega das Medalhas de Ouro de Mérito Municipal, à Associação Humanitária dos Bombeiros Voluntários de Sabrosa e à A.R.C.M.C.S. – Banda de Música de Sabrosa.

Com o Auditório Municipal pleno de público, o presidente da autarquia, José Marques fundamentou a atribuição da “mais alta distinção honorifica“ municipal e a importância e o papel das duas instituições junto da comunidade, também “ligadas à história do Município”. O edil elogiou os bombeiros pelo trabalho desenvolvido ao longo de quase 125 anos em prol da população do concelho, e salientou entre outros atributos, a função social e de conhecimento da Banda de Música de Sabrosa, ao implementar o ensino da música no mundo rural.

 

, , , ,