“Missão País” visita Mesão Frio pelo segundo ano consecutivo

Missão País em mesão Frio | Foto: Direitos Reservados

Missão País em mesão Frio | Foto: Direitos Reservados

Na última semana de fevereiro, a “Missão País” percorreu o concelho de Mesão Frio. A iniciativa de índole católica desenvolve missões em várias faculdades do país, com a duração de uma semana de apostolado e de ação social.

Pelo segundo ano consecutivo, o município recebeu a “Missão País”, onde 55 jovens estudantes do Instituto de Ciências Biomédicas Abel Salazar (ICBAS) visitaram Mesão Frio e a comunidade local. Alberto Pereira, presidente da autarquia, salientou a importância do projeto, sobretudo, “para a faixa etária da população mais idosa”, acrescentando que muitos dos jovens voluntários “são a companhia que muitos precisavam, mais assiduamente, da sua família”, contribuindo para o “bem-estar psíquico desta camada da população”.

Durante a missão, os missionários dividiram-se em pequenos grupos e estiveram ao serviço de duas instituições concelhias, do Agrupamento de Escolas Prof. António da Natividade e da Santa Casa da Misericórdia de Mesão Frio (creche e lares).

“Os missionários promovem atividades de animação, de oração, de evangelização e de meditação. Mas há algo de mais inestimável que estes jovens imprimem, por onde passam: os valores da amizade, da fraternidade e da solidariedade”, sublinhou o autarca.

Alberto Pereira revelou que para a população de Mesão Frio, a “Missão País” tem sido “uma mais-valia”, fazendo referência ao trabalho relevante de voluntariado realizado pelos jovens universitários, e ao carinho que estes têm conquistado junto dos seus munícipes, manifestando ainda a vontade de, no próximo ano, voltar a acolher a “Missão País” em Mesão Frio, ano em que o projeto terminará no concelho, uma vez que, em cada localidade tem a permanência máxima de três anos.

“O balanço deste segundo ano é, uma vez mais, muito positivo. Os missionários estiveram ao serviço das instituições concelhias, fizeram o “porta a porta” e ajudaram as pessoas nas suas tarefas diárias, a troco de sorrisos”, revelou o edil, concluindo que “o principal objetivo destas missões é que, com a presença de todos estes jovens, sejam lançadas sementes de solidariedade, de fraternidade e de amizade e que as mesmas possas florir durante todo o ano”.

 

, , , ,