“O Melhor das Nossas Aldeias” deu a conhecer os produtos mais típicos da cidade

Um dos expositores, representando a freguesia de Lazarim

Um dos expositores, representando a freguesia de Lazarim

Realizou-se de 5 a 8 de novembro a quarta edição do certame “O Melhor das Nossas Aldeias”, iniciativa que decorreu na Avenida Dr. Alfredo de Sousa, em Lamego.

Durante quatro dias, diversos produtos cultivados no concelho de Lamego, enriqueceram a avenida principal da cidade. Com a participação de mais de 40 expositores, “O Melhor das Nossas Aldeias” veio mostrar à cidade os produtos regionais cultivados e desenvolvidos durante o ano nas freguesias do concelho.

Benedita Rodrigues, participou pela primeira vez na feira, representando o Grupo Regional de Danças e Cantares de Magueija. Segundo a lamecense o grupo existe há 22 anos, contudo participar numa iniciativa deste género “é a primeira vez”, afirmou. A comerciante confessou o gosto por participar na atividade e que “apesar de estar à espera de mais pessoas, também devido à altura do ano em que se realiza, o negócio correu bastante bem”.

Também Marina Botelho participa pela primeira vez no evento em Lamego. A representar um talho do concelho, a jovem afirmou que costuma participar em diversas feiras na região, mas “aqui em Lamego, é a primeira vez”. “Viemos mais pela divulgação do que pela venda dos nossos produtos, é sempre uma forma de publicitar a nossa casa”, revelou Marina Botelho, acrescentando que “dentro das expectativas está a ser bastante positivo, para o ano vamos repetir”.

Castanhas, legumes, compotas, frutos secos e licores foram alguns dos produtos expostos na feira, juntando a estes vinhos da região Douro, espumantes e as tradicionais bôlas de Lamego. Algumas tradições do município como as máscaras de Carnaval de Lazarim, os grupos de ranchos de diversas freguesias ou ainda alguns artesãos da cidade marcaram presença no evento, expondo a sua produção e mostrando um pouco da identidade do concelho de Lamego.

Ao contrário de Benedita Rodrigues e Marina Botelho, esta não é a primeira vez que Luís Machado participa no certame “O Melhor das Nossas aldeias”. Com um negócio de enchidos na região, Luís Machado afirma que “as pessoas aderem facilmente a este tipo de iniciativas, vamos vendendo e divulgamos muito dos nossos produtos”, disse o vendedor, concluindo que o balanço é positivo e que “as pessoas que vêm de fora ficam a conhecer mais do que temos em Lamego”.

Avenida Dr. Alfredo de Sousa, Lamego

Avenida Dr. Alfredo de Sousa, Lamego

Para além do interesse gastronómico do evento, foi também oferecida à população que visitou a feira, uma vertente de animação, com um programa permanente de espetáculos de ranchos etnográficos, como o Rancho de Fafel que inaugurou o certame, grupos de bombos e o grupo Sons do Douro.

Milhares de pessoas passearam e conheceram um pouco melhor aquilo que se produz na cidade de Lamego e, segundo a Câmara Municipal, o principal objetivo do evento é “valorizar aquilo que de melhor se produz no mundo rural e oferecer um novo atrativo aos turistas”, afirmou, concluindo que “os visitantes puderam saborear algumas sopas tradicionais, à venda por um preço simbólico, e comer de oferta um “cartucho” de castanhas assadas”.

Esta iniciativa foi organizada pela Câmara Municipal de Lamego, em parceria com a Associação de Freguesias do Sudeste e a Associação de Freguesias do Norte.

, , ,