Orquestra de cordas no concerto do Centenário do Museu de Lamego

Foto: Direitos Reservados

Vinte e sete músicos vão estar em palco no próximo dia 10 de junho para o Concerto de Centenário do Museu de Lamego. A partir faz 21h30, a orquestra de câmara de cordas “Camerata NovNorte” promete trazer momentos únicos a um evento que é também de convite ao mecenato. Depois do Jantar de Aniversário em abril, “Apadrinhe uma obra de arte” volta a ser mote para a angariação de mecenato destinado ao restauro de obras de arte em risco de perda.

 

Num ano marcado por uma programação intensa, este evento volta a assumir um formato ainda pouco habitual em Portugal ao reverter o valor de ingresso a favor da campanha de fundraising “Conhecer Conservar Valorizar”.

 

A participação no Concerto de Centenário do Museu de Lamego constitui neste contexto uma dupla oportunidade, por um lado de ouvir o trabalho de uma orquestra de câmara de cordas constituída por jovens instrumentistas do Norte de Portugal e, por outro, de fazer parte de mais um evento singular, sabendo que ao participar o público está a contribuir para evitar a perda de importantes obras de arte, devolvendo-as à fruição pública, enriquecendo a coleção pública do Museu de Lamego.

 

O trabalho desenvolvido pela Camerata NovNorte da Escola Superior de Música e Artes do Espetáculo (ESMAE), dirigida por Radu Ungureanu, centra-se no repertório de todas as épocas da música instrumental, salientando-se o virtuosismo – quer pelas opções do repertório, quer pela atitude interpretativa – e o cuidado com os aspetos estilísticos.

 

Com a Óptica Parente e Centro Auditivo Parente como mecenas oficiais e com o apoio da Liga dos Amigos do Museu de Lamego, a participação no Concerto de Aniversário, no valor de 5 euros, está limitada a 100 lugares.

, , , ,