“Operação Hermes” arranca amanhã

A Guarda Nacional Republicana (GNR) vai intensificar a partir de amanhã, dia 29 de junho, até ao 3 de setembro, as ações de patrulhamento, fiscalização e apoio das estradas nacionais, procurando garantir a segurança nas deslocações deste verão.

Em comunicado enviado às redações, a GNR explica que durante a “Operação Hermes” as ações de patrulhamento dos militares “vão privilegiar a atuação preventiva nos principais eixos rodoviários (autoestradas, itinerários principais, itinerários complementares e estradas nacionais) e nos acessos às localidades e respetivas artérias com o objetivo de reduzir a sinistralidade e as consequências da mesma”.

A fiscalização dos militares da Unidade Nacional de Trânsito e dos Comandos Territoriais vai incidir sobre manobras perigosas de ultrapassagem, mudança de direção, inversão do sentido da marcha, cedência de passagem, distância de segurança e circulação na via mais à direita.

A condução sob o efeito do álcool e de substâncias psicotrópicas, a condução sem habilitação legal, o excesso de velocidade, a incorreta ou não utilização do cinto de segurança e/ou sistemas de retenção de crianças e o uso indevido do telemóvel, serão também alvo da atenção dos militares.

No comunicado a GNR recorda ainda que, em igual período do ano passado, registaram-se nas estradas nacionais 4.145 acidentes, de onde resultaram um total de 83 mortos e 361 feridos graves.