Direção da CIM Douro não vai votar na eleição para a CCDR-N

Carlos Silva Santiago, autarca de Sernancelhe, Nuno Gonçalves, autarca de Torre de Moncorvo, e Domingos Carvas, autarca de Sabrosa, presidente e vice-presidentes da CIM Douro respetivamente, afirmaram, em exclusivo ao VivaDouro, que não irão votar amanhã na eleição da nova direção da CCDR-N.

Em declarações exclusivas ao nosso jornal Carlos Silva afirma que não irá votar por considerar que “este é um processo que está viciado e envergonha a nossa democracia e as altas figuras da política nacional, tratando os autarcas como parentes pobres neste processo, incapazes de decidir aquilo que será melhor para o futuro da sua região”.

O autarca sernancelhense afirma que a sua posição “não é contra o candidato António Cunha” com quem “a CIM Douro estará disponível para trabalhar logo no dia seguinte à sua tomada de posse”.

Todos os restantes autarcas da CIM Douro contactados pela nossa reportagem manifestaram a sua vontade em participar deste ato eleitoral sendo que o autarca reguense, José Manuel Gonçalves, manifestou que votará “em branco” e os autarcas de Carrazeda de Ansiães, João Gonçalves, e Vila Real, Rui Santos, irão votar em discordância com o processo eleitoral.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *