Europeias 2019: CIM Douro dominada pelo Partido Socialista

Assim como aconteceu no total nacional, também no território da CIM Douro o vencedor da noite eleitoral de ontem foi o Partido Socialista, garantindo a vitória em 13 concelhos contra apenas seis ganho pelo PSD.

Olhando o mapa de CIM Douro não restam dúvidas da vitória socialista que teve maior expressão do concelho de Mesão Frio, onde a diferença entre os dois partidos mais votados ficou próxima dos 20%.

Apesar destes resultado, a vitória mais expressiva neste território acabou mesmo por ser do PSD que, em Sernancelhe, chegou aos 63,2%, contra apenas 18% dos socialistas, um cenário diferente de Vila Nova de Foz Côa onde a diferença entre os dois partidos mais votados é de apenas 0,3%, com vantagem para o PS. Foi também no concelho liderado por Carlos Santiago (Sernancelhe), que os partidos de esquerda registaram os seus piores resultados entre os 19 municípios: PS 18%, BE 2,5%, PAN 1,3% e CDU 0,4%.

Quanto à direita, o PSD registou o seu pior resultado em Mesão Frio, onde apenas conseguiu 24,2% dos votos, enquanto o CDS viu o seu pior resultado ser registado em Sabrosa, onde registou apenas 4,1%.

No que diz respeito aos melhores resultados, a dispersão territorial é maior com o PS a obter o seu melhor resultado em Santa Marta de Penaguião (44,4%), o PSD, como já referido, tem o seu melhor resultado em Sernancelhe (63,2%), o Bloco de Esquerda fica próximo dos 10 pontos percentuais em Vila Real (9,8%), ainda abaixo dos 5%, o melhor resultado da CDU registou-se em Peso da Régua com 4,6%, o CDS  chegou aos 18% em Armamar e o PAN que alcançou 3,5% em Vila Real.

Um dos resultados mais marcantes da noite foi mesmo o da abstenção que, a nível nacional, atingiu os 68,6%, um recorde absoluto. Nos 19 concelhos que integram a Comunidade Intermunicipal do Douro a taxa mais alta de abstenção registou-se em Peso da Régua com um total de 75,5%. Por outro lado, em Sernancelhe registou-se a taxa mais baixo, 51,6%, um resultado já mais próximo da média europeia.