Porto & Douro Magazine – um instrumento de promoção

A Porto & Douro Magazine apresenta-se como um instrumento de comunicação e promoção dos vinhos do Douro e do Porto

A opção do IVDP pelo formato digital insere-se no seu mais amplo objetivo de sustentabilidade: já vai longe a era do papel e a Porto & Douro Magazine, ao ser editada apenas em formato digital, cumpre este desiderato.

No tempo presente, toda a informação que nos chega é condicionada por algoritmos. Em tudo o que pesquisamos deixámos indelével, neste mundo assustadoramente orwelliano, a nossa pegada digital. Os algoritmos fazem adivinhar o nosso comportamento social, condicionam a nossa atitude perante o mundo e moldam o nosso padrão de consumo. E, sem nos apercebermos, estamos a ler uma notícia ou a ver um anúncio de publicidade por indicação do algoritmo e não de acordo com a nossa escolha pessoal.

É justamente nesse enquadramento que a informação deve prevalecer e aí se funda a razão de ter renascido a utilização de newsletters como veículos de informação e promoção. É o retomar do antigo desígnio de que uma mensagem deve ser entregue, deve chegar ao destinatário e por ele ser compreendida e aceite por ser verdadeira.

É despiciendo sublinhar a importância das newsletter enquanto instrumentos de comunicação, num mundo em que o tempo é escasso, quando muita da informação nos é veiculada por redes sociais, e quando o correio eletrónico é tão volumoso que deixa “desarrumada” alguma informação relevante que nos chega pelas mais diversas vias. A comunicação que é exercida fora das redes sociais mantém o seu lugar, não apenas pelo alargamento do alcance público que consegue, mas também pelo vínculo e pela rotina que se cria na sua leitura ao se usufruir de um veiculo eficiente, pelos seus tipos de conteúdo, pela linguagem simples que é utilizada, pela sua estrutura amigável e tempo certo em que chega.

Uma newsletter surge, assim, como um resumo de informação de um período limitado e orienta o leitor para uma leitura voluntária, com assuntos que aprofundará, se o pretender, nas fontes que são aí transmitidas.

Foi este o preciso contexto em que a Porto & Douro Magazine foi concebida: Não para ser instrumento de comunicação interna do próprio Instituto, mas, outrossim, para se afirmar como um instrumento de comunicação com a Região Demarcada do Douro, com as suas gentes, com as suas empresas, com os poderes públicos locais, com o consumidor, com o público em geral. Uma oportunidade para o Instituto comunicar fora das redes sociais, dar a conhecer as notícias mais destacadas, dar eco de notícias internacionais que possam ter relevância.

Num mundo no qual a informação passa pela quantidade de estímulos que recebemos, onde alguns vivem num frenesim de momentos em que tudo se avalia pela competição, o desafio de uma newsletter é competir com o tempo livre do seu destinatário; não compete com outros meios de comunicação.

Ao lançar a Porto & Douro Magazine não o fizemos por impulso isolado, tendo claro o objetivo que pretendemos atingir: constituir um veículo de promoção da Região Demarcada do Douro, das Denominações de Origem Porto e Douro, que constitui a razão da nossa existência enquanto Instituto Público que tem essa Missão.