Santa Casa da Misericórdia de Tarouca debateu a importância do combate às infeções

Foto: Salomé Ferreira

A Santa Casa da Misericórdia de Tarouca realizou, no passado dia 26 de maio, o Seminário “Combate às infeções – Partilha de experiências”. Este evento, organizado pelo Grupo Coordenador Local PPCIRA da Unidade de Cuidados Continuados de Convalescença, justificou-se pela necessidade da partilha entre instituições e entidades na busca de respostas especializadas e adequadas a esta temática.

Destinado não só a profissionais e estudantes mas também à comunidade em geral, o evento pretendeu alertar para a importância da prevenção das infeções, com a realização de gestos tão pequenos como a higiene das mãos.

Considerando que este é um tema “urgente” para ser discutido, Manuela Lima, Coordenadora do Grupo Coordenador Local PPCIRA, explicou ao VivaDouro que o “objetivo fundamental do congresso é contribuir para a diminuição de infeções associadas aos cuidados de saúde. O nosso objetivo é promover a saúde e não provocar infeções”, afirmou.

Para além disso, a enfermeira lembrou também a importância da realização deste tipo de congressos em territórios do interior. “No interior temos poucos encontros para debater estes temas, geralmente realizam-se mais nos grandes centros, na região ainda há pouca abertura a estas temáticas e temos também de fazer sentir que o interior é importante e que já há muito trabalho realizado na área”, acrescentou Manuela Lima.

Albertina Cardoso, Presidente do Conselho de Administração da UCC de Convalescença, reforça ainda a “importância de levar este tema à comunidade e sensibilizar os cidadãos para a prática de uma vida saudável de forma a diminuir esta problemática que é um flagelo do século XXI”, afirmou ao VivaDouro.

O Seminário “Combate às Infeções – Partilha de Experiências”, realizado no Auditório Adácio Pestana em Tarouca, contou com a plateia repleta de participantes de várias faixas etárias.

, , , ,