Santa Marta de Penaguião candidata-se a “Cidade do Vinho 2016”

O presidente penaguiense aquando da entrega da candidatura

O presidente penaguiense aquando da entrega da candidatura

No mês de outubro, a Câmara Municipal de Santa Marta de Penaguião formalizou a sua candidatura a “Cidade do Vinho 2016”, cerimónia realizada na Câmara Municipal do Cartaxo, junto da Associação de Municípios Portugueses do Vinho.

A candidatura do município de Santa Marta de Penaguião para “Cidade do Vinho 2016”, foi feita em mãos pelo presidente da Câmara Municipal, Luís Machado, e pela vice-presidente, Sílvia Silva. Segundo a vice-presidente do município penaguiense, esta não foi a primeira candidatura realizada pela autarquia, “é a terceira candidatura que fazemos, já recebemos inclusive duas menções honrosas, pelas candidaturas anteriores”, afirmou.

O executivo municipal considera esta aposta como diferenciadora e de grande responsabilidade pelo facto de congregar todo o Douro. Sílvia Silva esclarece que “a candidatura está encabeçada por Santa Marta de Penaguião, mas quer o Peso da Régua, Lamego ou Vila Real, bem como outros concelhos vizinhos, são nossos parceiros”, acrescentando que “é uma candidatura do Douro”.

A “Cidade do Vinho” é uma iniciativa da Associação de Municípios Portugueses do Vinho (AMPV) que tem como objetivo “valorizar a riqueza, a diversidade e as características comuns da cultura do vinho e de todas as suas influências na sociedade, como a paisagem, economia, gastronomia e o património dos territórios”. A AMPV já comtemplou vinhos verdes, do Alentejo ou do Minho, sendo que o Douro nunca venceu na categoria principal. Por isso mesmo, Sílvia Silva acredita que “a candidatura trará a valorização definitiva do Douro, do povo duriense e do próprio território, é uma candidatura conjunta que visa mover o Douro”.

O Município tem vindo a apostar e a promover a produção vitivinícola do concelho e segundo a vice-presidente, “a candidatura tem uma abrangência diferente, maior, porque neste mandato temos apostado muito no desenvolvimento do concelho, inclusive a nível económico”.

Sílvia Silva confessa que “a nível local esta aposta tem uma grande importância porque temos muitos produtores engarrafadores, com vinhos medalhados e que terão oportunidade de colocar os seus vinhos num mercado mais alargado e conhecido”, salientando que “estamos a pôr toda a fé nesta candidatura, nós e todos aqueles que se sentem durienses e lutam pelo sucesso do Douro”.

, , ,