Autoridades avisam para riscos associado a calor extremo

As autoridades têm lançado diversos avisos devido ao calor extremo que se faz sentir, e que se irá prolongar durante os próximos dias, podendo os termómetros chegar aos 40 graus na região duriense.

Segundo informações do IPMA, “um anticiclone localizado a nordeste dos Açores, que se estende em crista até ao Golfo da Biscaia, em conjunto com um vale depressionário desde o norte de África até à Península Ibérica, origina o transporte de uma massa de ar quente do norte de África a qual será responsável pela persistência de valores elevados de temperatura”.

Devido às elevadas temperaturas as autoridades de saúde têm alertado para os riscos para a saúde, em especial para as crianças, idosos e pessoas com doenças crónicas e acamadas.

Sábado será um dos dias mais quentes com os termómetros a chegarem aos 40 graus em Peso da Régua, V. N. de Foz Côa e Tabuaço, de acordo com as previsões do IPMA.

Desta forma as autoridades têm lançado uma série de recomendações:

  • Beba água ou sumos de fruta natural, mesmo quando não tem sede, e evite o consumo de bebidas alcoólicas;
  • Faça refeições frias, leves e coma mais vezes ao dia;
  • Utilize roupa larga, que cubra a maior parte do corpo, chapéu de abas largas e óculos de sol com proteção UVA e UVB;
  • Mantenha-se em ambientes frescos arejados, pelo menos 2 a 3 horas por dia;
  • Evite a exposição direta ao sol, principalmente entre as 11 e as 17 horas;
  • Utilize protetor solar, com fator igual ou superior a 30 e renove a sua aplicação de 2 em 2 horas e após os banhos na praia ou piscina;
  • Evite atividades que exijam grandes esforços físicos, nomeadamente, desportivas e de lazer no exterior;
  • Se trabalhar no exterior, hidrate-se frequentemente, proteja-se com roupa larga e chapéu e trabalhe acompanhado porque em situações de calor extremo poderá ficar confuso ou perder a consciência;
  • Escolha as horas de menor calor para viajar de carro e não permaneça dentro de viaturas estacionadas e expostas ao sol;
  • Tenha especial atenção com os doentes crónicos, grávidas, crianças, idosos e pessoas com mobilidade reduzida;
  • Se está grávida modere a atividade física, evite a exposição direta ao sol e ingira frequentemente líquidos;
  • Assegure que as crianças consomem frequentemente água ou sumos de fruta natural e que permanecem em ambiente fresco e arejado. As crianças com menos de 6 meses não devem estar sujeitas a exposição solar, direta ou indireta;
  • Contacte e acompanhe os idosos e outras pessoas que vivam isoladas. Assegure a sua correta hidratação e permanência em ambiente fresco e arejado;
  • Se é doente crónico, ou está sujeito a terapêuticas e/ou dietas especificas, siga as recomendações do seu médico assistente ou do Centro de Contacto do SNS 24: 808 24 24 24;
  • No período de maior calor, corra as persianas ou portadas. Ao entardecer deixe que o ar circule pela casa;

Risco de incêndio também elevado

De acordo com a Autoridade Nacional de Emergência e Proteção Civil (ANEPC) também o nível de risco de incêndio é muito elevado para os próximos dias o que levou as autoridades a colocarem todo o território continental em estado de alerta especial laranja, o segundo mais grave numa escala de quatro.

O estado de alerta especial laranja, que determina o reforço da monitorização e o grau de prontidão do Dispositivo Especial de Combate a Incêndios Rurais (DECIR), significa que o grau de risco é elevado e que se está numa “situação de perigo, com condições para a ocorrência de fenómenos invulgares que podem causar danos a pessoas e bens, colocando em causa a sua segurança”.

AANEPC lembra as populações que está em vigor o designado Período Crítico, que vigora até 30 de setembro, recordando algumas recomendações:

  • Proibido fazer Queima de Amontoados sem autorização. Informe-se na sua câmara municipal ou pelo 808 200 520.
  • Proibido utilizar fogareiros e grelhadores em todo o espaço rural salvo se, usados fora das zonas críticas e nos locais devidamente autorizados, para o efeito.
  • Proibido fumar ou fazer qualquer tipo de lume nos espaços florestais.
  • Proibido lançar balões de mecha acesa e foguetes. O uso de fogo-de-artifício só é permitido com autorização da câmara municipal.
  • Proibido fumigar ou desinfestar apiários exceto se os fumigadores tiverem dispositivos de retenção de faúlhas.
  • Proibido usar motorroçadoras (exceto se possuírem fio de nylon), corta-matos e destroçadores nos dias de Risco Máximo. Evite o uso de grades de discos.
  • Obrigatório usar dispositivos de retenção de faíscas e de tapa-chamas nos tubos de escape e chaminés das máquinas de combustão interna e externa nos veículos de transporte pesados e 1 ou 2 extintores de 6 Kg, consoante o peso máximo seja inferior ou superior a 10 toneladas.
, , , ,