Valença do Douro volta a celebrar vindimas

A freguesia de Valença do Douro, Tabuaço, acolhe a II edição da Vindimas D’ouro, dias 19 e 20 de Outubro, com um vasto programa que inclui música, gastronomia, artesanato e animação de rua.

Mais do que assinalar a vindima, uma das épocas mais importantes para a freguesia e para a Região, a Vindimas D’ouro, depois do sucesso da primeira edição, é já uma das mais esperadas festas para Valença do Douro, da responsabilidade da Câmara Municipal e Junta de Freguesia.

Carlos Carvalho, presidente da Câmara Municipal de Tabuaço, defende que o sucesso da primeira edição da Vindimas D’ouro, e que justifica a continuidade desta comemoração, está intimamente relacionado com o contributo, entrega e entusiasmo da própria população na organização da própria festa. “É na Festa das Vindimas que, de alguma forma, num ambiente festivo, de música, de sabores e também de saberes, acabamos por trazer à memória e à conversa experiências de outros tempos”, garante o autarca.

Do programa constam também, e como não poderia deixar de ser, provas de vinho e azeite, expositores com produtos locais e regionais, desde o artesanato, ao pão, doces e ainda a representação dos produtos de algumas quintas da região.

A animação faz-se de música popular portuguesa, danças de roda e teatro de rua, para além do concerto com a Fadista Cristina Marques, e um destaque ainda para a tradicional Sopa das Vindimas para todos os presentes.

Para o autarca tabuacense, natural da freguesia de Valença do Douro, “esta é uma festa das memórias das nossas gentes e organizada para as nossas gentes, mas onde todos são bem-vindos. A Vindimas D’ouro, a par do que já aconteceu há uns dias na Aldeia Vinhateira de Barcos na Festa das Vindimas, é uma festa de usos, costumes e tradições, sendo esses, precisamente, os elementos que lhe conferem popularidade e que fazem deste evento um dos mais aguardados.”