Vindouro levou 20 mil pessoas a S. João da Pesqueira

José Fontão Tulha, presidente do município, em visita ao certame / Foto: Direitos Reservados

José Fontão Tulha, presidente do município, em visita ao certame / Foto: Direitos Reservados

O primeiro fim-de-semana de setembro ficou mais uma vez marcado pela realização da Vindouro – Festa Pombalina em São João da Pesqueira. A 14.ª edição do certame levou ao coração do Douro Vinhateiro cerca de 20 mil pessoas.

O desfile pombalino levou os vistantes numa verdadeira viagem no tempo / Foto: Salomé Ferreira

O desfile pombalino levou os vistantes numa verdadeira viagem no tempo / Foto: Salomé Ferreira

“Hoje depois de realizadas 14 edições pode-se afirmar que para a identidade de São João da Pesqueira o primeiro fim-de-semana de setembro não era o mesmo sem a realização da Vindouro – Festa Pombalina”, afirmou ao VivaDouro José Fontão Tulha, presidente da autarquia, ao falar da importância do certame para o concelho.

O Museu do Vinho contou com a presença de mais de duas dezenas de produtores de vinho a apresentar as novidades e os rótulos de referência/ Foto: Salomé Ferreira

O Museu do Vinho contou com a presença de mais de duas dezenas de produtores de vinho a apresentar as novidades e os rótulos de referência/ Foto: Salomé Ferreira

O Museu do Vinho de São João da Pesqueira foi um dos pontos obrigatórios de passagem para quem visitou o evento, com mais de duas dezenas de produtores de vinhos DOC Douro e Porto a apresentar as novidades e os rótulos de referência.

“A parte profissional da Vindouro com as provas de vinho é um dos pontos altos pois permite dar a conhecer o que de melhor produzimos e pelo qual somos conhecidos internacionalmente”, referiu o autarca.

O Museu do Vinho contou com a presença de mais de duas dezenas de produtores de vinho a apresentar as novidades e os rótulos de referência/ Foto: Salomé Ferreira

O Museu do Vinho contou com a presença de mais de duas dezenas de produtores de vinho a apresentar as novidades e os rótulos de referência/ Foto: Salomé Ferreira

Para relembrar a tradição da região foram realizadas, à semelhança do ano anterior, lagaradas tradicionais, com a participação especial dos produtores presentes.

O programa contemplou ainda a realização de conversas sobre vinhos, conduzidas por especialistas e críticos de vinhos. Destaque ainda para a grande novidade deste ano, o show cooking protagonizado pelo chefe Joel Paiva, restaurante DOC.

De acordo com José Fontão Tulha, “foi uma atividade com grande adesão por parte dos visitantes, tendo assim grande probabilidade de no próximo ano se repetir”, afirmou ao VivaDouro.

A animação nas ruas levou a população até à época pombalina / Foto: Salomé Ferreira

A animação nas ruas levou a população até à época pombalina / Foto: Salomé Ferreira

O mercado pombalino, com vários artesãos a exporem os seus produtos, desde a Rua da Figueira e Rua Direita até à Praça do Comércio, foi outro dos ambientes que transportou os visitantes para a época pombalina.

Catarina Alves, comerciante no Mercado Pombalino / Foto: Salomé Ferreira

Catarina Alves, comerciante no Mercado Pombalino / Foto: Salomé Ferreira

Catarina Alves, habitante da Pereiros, São João da Pesqueira, participou no mercado pombalino enquanto artesã e acredita que a Vindouro “alegra a terra”. Para a comerciante este tipo de eventos são “bons porque trazem muitas pessoas de São João da Pesqueira e arredores”, afirmou ao Vivadouro.

Sara Ferrujão, comerciante no Mercado Pombalino / Foto: Salomé Ferreira

Sara Ferrujão, comerciante no Mercado Pombalino / Foto: Salomé Ferreira

Também Sara Ferrujão, proprietária de um estabelecimento comercial na vila, acredita que esta iniciativa “ajuda a divulgar os nossos produtos e traz pessoas novas ao concelho”, revelou. “As pessoas começam a conhecer e vêm sempre, tenho pessoas que vêm todos os anos ter comigo, consigo angariar clientes que dão para todo o ano”, acrescentou.

Cátia Amaro, comerciante no Mercado Pombalino / Foto: Salomé Ferreira

Cátia Amaro, comerciante no Mercado Pombalino / Foto: Salomé Ferreira

Cátia Amaro, veio de Leiria para participar pela primeira vez na Vindouro em parceria com uma amiga e destaca pela positiva a animação do evento e a organização, “o facto de a organização oferecer os fatos aos artesãos de acordo com a época que estamos a representar é muito bom. É uma boa iniciativa”, declarou ao VivaDouro.

Tendo em conta a “grande aceitação” da “maior parte das atividades realizadas” a autarquia faz um “balanço positivo” da 14.ª edição da Vindouro – Festa Pombalina.

“Claro que nada é perfeito e existem sempre aspetos a melhorar, o que nos leva a trabalhar para que no próximo ano se possa realizar um evento superior ao deste ano, no entanto podemos afirmar convictamente que as expetativas previstas este ano foram claramente atingidas”, concluiu o presidente.

Vindouro recebeu a visita de 350 jornalistas nacionais e estrangeiros

A 14.ª edição da Vindouro-Festa Pombalina ficou marcada pela presença do “maior número de sempre de imprensa tanto nacional como internacional”, realçou José Fontão Tulha. Estiveram presentes 350 profissionais da Eurovisão (EBU), televisões e rádios públicas da Europa, da Agência de Notícias estatal da China e da Televisão de Angola.

Durante a visita à Vindouro-Festa Pombalina, no dia 4 de Setembro, foi possível aos participantes das diversas delegações, realizarem provas de vinho com os produtores no Museu do Vinho de S. João da Pesqueira e visitarem a zona histórica da vila onde puderam também visitar o mercado pombalino e assistir à animação que os levou à época do Marques de Pombal.

A presença destas centenas de profissionais foi promovida pela RTP/Casa do Pessoal que este ano trouxe a Portugal a edição do Eurovisionsports (Jogos anuais da Eurovisão) que decorreu no Douro entre 3 e 10 de setembro.

, , , , ,