A Região Demarcada do Douro está presente em todo o mundo

Por Manuel de Novaes Cabral, Presidente do Instituto dos Vinhos do Douro e do Porto, I.P. (IVDP)

Por Manuel de Novaes Cabral, Presidente do Instituto dos Vinhos do Douro e do Porto, I.P. (IVDP)

O Vinho do Porto é um dos mais emblemáticos e internacionalizados vinhos. É também imagem de marca de Portugal e um dos mais internacionalizados produtos portugueses, sendo, hoje em dia, comercializado em mais de 120 países.

Se ao Vinho do Porto associarmos os Vinhos do Douro, rapidamente verificamos que a Região Demarcada do Douro, através dos seus vinhos, está presente em grande parte do mundo.

Se analisarmos os valores de exportação de vinhos portugueses com Denominação de Origem, em 2014, verificaremos que o Vinho Porto representou 66 %.

Julgo que ninguém questionará estes dados e que todos olharemos para eles com orgulho e com a vontade inequívoca de reforçarmos um caminho de evolução e de inovação que tem vindo a ser trilhado ao longo de 260 anos.

Os desafios e as oportunidade de hoje são certamente mais dinâmicos que os de outrora, pois resultam de um mundo global e altamente tecnológico. Obrigam, por isso, uma atuação articulada que valorize e interligue saberes e competências. Obrigam a respostas rápidas e capacidade de adaptação reforçando sempre a identidade, pois os fatores de diferenciação e a excelência são sempre a melhor resposta; obrigam a uma promoção continuada, orientada e adaptada a uma multiplicidade de públicos e de faixas etárias para fidelizar e rejuvenescer consumidores e profissionais; obrigam à adição de valor ao produto, neste caso aos Vinhos do Porto e do Douro, pelo reconhecimento internacional e prémios obtidos pelas marcas e pela defesa e proteção da mais antiga e de uma das mais recentes Denominações de Origem do mundo.

Uma resposta a este desafio será também a internacionalização dos agentes económicos, um desafio a ser conquistado pelos próprios agentes e uma prioridade de trabalho para o Instituto dos Vinhos do Douro e de Porto, I.P.

Estaremos assim presentes na maior feira de vinhos do mundo, a Prowein, onde teremos a maior representação de sempre: 500 m2, dinamizados por 71 agentes económicos em 55 stands, com mais de 700 vinhos em prova. Aumentámos o nosso espaço de promoção conjunta e realizaremos cerca de vinte seminários em dois dias e meio de feira!

Estes números dão-nos cada vez mais alento na continuação de um trabalho que sustente o crescimento da importância mundial dos vinhos da Região Demarcada do Douro e apoie os seus agentes económicos nesta competitiva missão.

Há ainda um grande caminho a percorrer e os desafios são exigentes mas acredito que sairemos vitoriosos.

,