Dia Mundial da Saúde Ambiental

0
Saúde Ambiental

Assinala-se hoje, dia 26 de setembro, o Dia Mundial da Saúde Ambiental. Este ano a data é celebrada sob o tema” Fortalecimento dos sistemas de Saúde Ambiental para a implementação dos Objetivos de Desenvolvimento Sustentável (ODS) ” com o objetivo de destacar o papel fundamental que os serviços de saúde ambiental desempenham na implementação dos ODS.

Quando falamos em saúde ambiental estamos necessariamente a falar numa relação nos dois sentidos: de que forma os ambientes em que vivemos, nas suas vertentes química, física, biológica, social, política, entre outras, afetam a saúde, a longevidade e a qualidade de vida da espécie humana; e de que forma o comportamento do Homem afeta a saúde dos ambientes.

 Os ODS foram adotados pelas Nações Unidas em 2015 como um apelo universal à ação para:

  • Acabar com a pobreza
  • Proteger o planeta
  • Garantir que até 2030 todas as pessoas desfrutem de paz e prosperidade agora e no futuro.
  • Combater as alterações climáticas
  • Proteger os Oceanos e Florestas

A Saúde Ambiental desempenha um papel fundamental na implementação desses ODS e com um sistema bem institucionalizado as metas estabelecidas serão facilmente alcançáveis, mas existe a necessidade de criar novas políticas públicas direcionadas à crise ambiental, às alterações climáticas e à sustentabilidade de forma a envolver todas as gerações e a garantir um plano a longo prazo

Devemos, entre outras opções, investir em empregos mais verdes, aumentar a capacidade de resposta da mobilidade sustentável, apostar numa economia verde, criar fundos de recuperação económica para empresas e organizações que sejam ambientalmente responsáveis e promovam um crescimento sustentável e inclusivo perante as adversidades da crise ambiental, assim como aumentar a fiscalidade verde e garantir benefícios sociais a quem cumprir as metas ambientais estabelecidas, de forma a acelerar a descarbonização da nossa sociedade.

É um compromisso de todas as gerações e um dever da nossa geração lutar pela biodiversidade, contra as alterações climáticas, a diminuição de emissão de gases com efeito estufa e a destruição de habitats e ecossistemas. O momento atual deve ser encarado também como uma oportunidade única para mudarmos hábitos sociais e económicos e recomeçar com base nestes novos paradigmas ambientais.

É importante investir numa recuperação saudável e verde, junto de todas as comunidades, com o apoio dos Técnicos de Saúde Ambiental. A responsabilidade é de todos, mas começa em cada um de nós.