Douro é diversidade!

Na agricultura e nos produtos.

Na cultura e nas marcas do passado.

Um território largo e rico.

Dezanove municípios com grandes potencialidades. Muito diversas mas igualmente relevantes.

Uma comunidade que tem ensaiado a unidade. De propósitos e de trabalho conjunto.

A diversidade enriquece-nos. Alarga horizontes.

Da diversidade vamos certamente partir para a cada vez maior unidade.

Nesta altura do debate democrático em cada Município, importa falar da região e da visão de cada um no contexto dos compromissos comuns.

Da diversidade de produtos e oportunidades. Precisamos discutir a marca que deixa todos desconfortáveis, a desertificação humana.

Precisamos de falar das políticas comuns de fixação de pessoas. Das soluções de humanização num território envelhecido.

Importa abordar as políticas de imigração que tão importante seria para a região.

O Douro foi criado pela força de muitos Homens e Mulheres de muitos lados. Somos uma grande diversidade também na nossa origem.

O Douro pode ser um exemplo de abertura a pessoas de outras geografias.

Saibamos abrir a porta, de forma estruturada e humanizada, a seres humanos que podem fazer do Douro a sua casa.

O Douro da vinha, dos vinhos tão diversos, da maçã, da castanha, do azeite e da amêndoa, da horticultura. O Douro da excelência. Seja também o Douro das pessoas. Da diversidade. Da multiculturalidade. Da felicidade.

Da Humanidade!