Homenagem ao Povo Galego

Ao longo da sua história, a Universidade de Trás-os-Montes e Alto Douro tem vindo a assumir um crescente compromisso com a Região do Douro.

Este ano entendeu a UTAD assinalar a comemoração dos 16 anos da classificação do Alto Douro Vinhateiro como Património da Humanidade atribuindo o grau de doutor Honoris causa ao presidente do Governo Regional da Galiza Alberto Feijóo. Esta distinção sublinha toda uma história da ligação da Galiza ao Douro e ao Norte de Portugal, que o homenageado tão bem tem interpretado e reforçado, no contexto de um mundo cada vez mais global.

Com efeito, ao longo do seu percurso histórico, a UTAD tem tido o privilégio de homenagear com esta distinção, ilustres figuras que têm contribuído para o desenvolvimento da Humanidade e para a ligação entre os povos, bem como personalidades ligadas ao Douro.

Foram distinguidas personalidades que foram capazes de interpretar a história, o passado, ler o presente, mas acima de tudo por terem uma visão capaz de antecipar o futuro e, deste modo, garantirem uma melhoria de bem-estar intergeracional.

A homenagem a Alberto Feijóo reconhece e valoriza o contributo do povo galego para a história, cultura e património do Alto Douro Vinhateiro.  Mas esta distinção valoriza e reforça também a ligação entre as três Universidades do Norte de Portugal e as três Universidades da Galiza, num espaço territorial que se pretende afirmar cada vez como uma euro-região.

Os tempos atuais, marcados por fatores como a globalização, a digitalização, o conhecimento, apelam, cada vez mais a que as regiões se agreguem numa visão comum de território. Indubitavelmente, uma efetiva cooperação transfronteiriça exige dinâmicas e políticasque promovam investimentos conjuntos que criem e fixem valor, bem como investimentos que assentem na inovação e promovam o emprego. Exige também dinâmicas que comprometam e fortaleçam os atores e as instituições das duas regiões.

Ao nível das instituições do ensino superior, da articulação entre educação, investigação e inovação, poderão surgir novos motores de crescimento económico, que estimulem a criação de riqueza, ao mesmo tempo, que promovam o desenvolvimento integrado de todo o território.

É na educação, no conhecimento e na inovação, que assenta o Futuro desta Região. Assim, colocar o conhecimento e a inovação no topo das prioridades coletivas, é uma ambição que requer grande convergência de esforços. Esta homenagem reforça o papel da UTAD, enquanto instituição ligada ao território, um agente proactivo e dinamizador do seu desenvolvimento e do progresso.