Juntos, somos, mesmo, muito fortes!

No interior de Portugal, há inovação com impacto nacional!

O Projeto Aldeias Humanitar é um bom exemplo.

Nesta edição, excecionalmente, destaca-se este texto institucional: “O Aldeias Humanitar – Intervenção Humanitária de Saúde e Amparo Social, vence Prémio HealthCare Excellence 2019.

Este prémio da APAH – Associação Portuguesa de Administradores Hospitalares, reconhece a excelência em saúde. Este ano estavam na fase final, para além do Aldeias Humanitar, mais 5 inovadores projetos de grandes hospitais de Portugal, Com este início de percurso em território do Douro, a região pode sentir orgulho por mais este importantíssimo reconhecimento, bem como pelo caminho transformador que este projeto está e pode fazer pela melhoria dos cuidados de saúde e pelo combate ao desamparo humano.

Estão de parabéns, os Municípios de Sernancelhe e Penedono, pioneiros na sua implementação, a Fundação da Caixa Agrícola do Vale do Távora e Douro, que disponibilizou os meios financeiros de suporte, a Agência Social do Douro que juntou a componente técnica e científica, e todas as Juntas de Freguesia e Instituições da região que se associaram a esta forma inovadora de cuidar e amparar as pessoas, bem como toda a equipa diretiva e os técnicos do Aldeias Humanitar, que nunca se deixaram esmorecer nas dificuldades e fazem o verdadeiro trabalho de excelência junto das pessoas.

Institucionalmente, neste momento marcante pelo reconhecimento que este prémio significa, não se poderia deixar de referir, particularmente, a pessoa que voluntariamente criou o modelo conceptual, técnica e cientificamente suportado, e que produziu e implementou a dinâmica funcional do Aldeias Humanitar – Enfermeira Helena Norinha!

Juntos, de forma integrada, é possível fazer-se muito bem às pessoas que vivem no Interior de Portugal!”

É este um bom exemplo de que a união faz a força. Precisamos de acreditar que a inovação no Interior se faz olhando de frente os problemas. Temos competências capazes de encontrarmos, nós próprios, as soluções.

O Interior tem Futuro!