Mais mercado premium mais valor para o Vinho do Porto

12298058_1025542174164478_853480411_o

O Instituto dos Vinhos do Douro e do Porto (IVDP) promoveu recentemente, em Paris, o Sommet du Porto, comprovando-se mais uma vez que o Vinho do Porto continua a proporcionar autênticas descobertas no seu principal mercado, quer em quantidade quer em valor. Não deixa de surpreender a variedade de experiências decorrentes da sua versatilidade que o torna perfeito para os mais diversos momentos, sensações e combinações gastronómicas, sempre com moderação.

Mais de 50 convidados ficaram rendidos às categorias especiais do Vinho do Porto neste Sommet du Porto com harmonizações de luxo entre estes vinhos de excelência e a excecional gastronomia francesa, sob a batuta do chef Thierry Marx, mestre em cozinha molecular, com duas estrelas Michelin no currículo, e do sommelier David Biraud, finalista do concurso “meilleur sommelier du monde”.

Ao realizar esta ação, o IVDP reforça a sua aposta no segmento premium em França, que é desde 1963 o primeiro mercado de Vinho do Porto, consolidando a sua estratégia global de valorização deste vinho único. Mas França tem ainda outras particularidades que explicam a liderança na comercialização deste vinho, já que em todos os projetos desenvolvidos no mercado francês é evidente, e cada vez maior, a grande vontade e empenho dos diferentes intermediários de consumo em conhecer melhor o Vinho do Porto. Uma realidade que, com o esforço e o empenho dos agentes económicos, é fator essencial no sucesso do Porto em França.

Num mercado de quantidade, em que importa fazer crescer o valor, as iniciativas englobam ainda um programa pedagógico para um melhor conhecimento do Vinho do Porto, em mais de 60 escolas de hotelaria francesas, num projeto com o Ministério da Educação francês, e em Associações de Sommeliers e Cavistes. Também o Concurso Master of Port, que elege o melhor sommelier de toda a França, é uma ação que pretende reforçar o Vinho do Porto num segmento de luxo. Este ano, lançamos o concurso Port Wine Digital Challenge, dirigido a bloggers, com o objetivo de destacar e promover harmonizações com Vinho do Porto, e associamo-nos ainda ao Concours général des métiers, no qual participam os melhores alunos das escolas de hotelaria francesas.

Em todas as ações, o Vinho do Porto, produzido na mais antiga região vitivinícola demarcada e regulamentada, é assumido como um produto cultural, associado a uma região, a um território, a um património, a uma cultura. Um vinho de uma região que este mês, dia 14, assinalou o seu 14ª aniversário de classificação pela UNESCO como património mundial, enquanto paisagem cultural, evolutiva e viva.

Por Manuel de Novaes Cabral, Presidente do Instituto dos Vinhos do Douro e do Porto, I.P. (IVDP)

 

,