O Douro a todo o vapor!

Há um novo ambiente social e político no Douro. Há uma nova esperança!

Quando todos se unem por um propósito, há futuro no ar!

Instituições da sociedade, juntas de freguesia, municípios e CIM Douro, unem-se pela linha ferroviária do Douro. Querem que se inclua este investimento no Plano Nacional de Investimentos PNI 2030. Foi lançada uma “Petição pela completa requalificação e reabertura da Linha do Douro (Ermesinde-Barca de Alva) e subsequente ligação a Salamanca.”

Um projeto estruturante e certamente com impactos de grande relevo, sociais e económicos.

Um objetivo que deixaria neste Grande Douro um novo futuro!

Não podemos ficar indiferentes à união de esforços por objetivos claros e abrangentes.

É esta a fórmula para que consigamos rasgar novos horizontes na vida destes três irmãos, o Douro Superior, o Douro Norte e o Douro Sul.

Vamos, a  todo o vapor, encontrar outros propósitos que nos unam. Há um que não deixaremos de abordar com firmeza – a luta clara contra o desamparo humano pela não existência de retaguardas familiares ou de vizinhança. A desertificação humana alterou de forma violenta a estrutura social e sociológica. O envelhecimento demográfico retirou às nossas aldeias capacidade de sobrevivência. Precisamos de novos modelos de organização comunitária. É urgente introduzir-se um novo mecanismo de apoio local. Precisamos dar aos habitantes das nossas comunidades a função de Auxiliar Comunitário, que apoie, que seja vigilante, que preste cuidados básicos de saúde e amparo social, em todas as horas do dia.

Certamente vamos lutar para Amparar, quem  mais importa abraçar, as pessoas!

O Douro tem futuro!