O Interior vai encontrar o caminho!  

Vivemos à escala global a emergência das alterações climáticas.

No Interior de Portugal, vivemos a urgência das alterações demográficas.

É de um problema ambiental que falamos.

Há uma espécie, fundamental ao equilíbrio do ecossistema, em vias de extinção – a espécie humana!

Vamos promover o equilíbrio ambiental no interior de Portugal, criando condições objetivas e concretas para mudar os contextos provocadores da depressão demográfica.

Precisamos do Interior em todas as políticas.

Tal como é feita a análise na perspetiva da inclusão e da igualdade de género, precisamos que algo idêntico seja feito para os territórios.

As decisões no Governo e na Assembleia da República deverão ter uma análise dos impactos positivos e negativos para o território menos povoado.

É a hora da mudança. O interior tem que se impor. O litoral tem com estes territórios um dívida imensa. Dívida humana e económica.

É a hora do interior!

Para um Portugal inteiro!