Que o vinho seja o motivo e as pessoas o objetivo!

0
Domingos Nascimento

Reiteradamente, fui trazendo para a opinião, a ideia de cidade conceptual e simbólica. Primeiro para o Douro Sul, e, depois, para o Grande Douro.

Um conceito de Cidade, que una Aldeias, Vilas e Cidades, capaz de dar escala e força às nossas Terras, vazias de gente, mas cheias de potencialidades.

Eis que o Douro encontrou um primeiro motivo para se fazer Cidade – o Vinho!

O Douro será Cidade Europeia do Vinho em 2023.

O acontecimento está bem entregue, à CIM Douro. A Comunidade Intermunicipal é, sem qualquer dúvida, a síntese da vontade dos 19 municípios. Mas, certamente, todos os municípios serão motor para esta concretização que se deseja com fortes impactos.

Impactos não só económicos, não só de dinamização dos vinhos e de outros produtos da região, não só da atividade turística, mas, fundamentalmente, na valorização das PESSOAS!

Bem sei que serão os rostos humanos que fizeram e fazem o Douro que estarão no centro deste acontecimento inédito e muito relevante.

Será, naturalmente, um acontecimento multigeracional. As crianças serão envolvidas para aprenderem a fazer o futuro da região. Os jovens participarão num grande movimento de empreendedorismo que fixe pessoas e dê sustentabilidade à região.

Os mais velhos não serão esquecidos e serão a cultura viva e sabedoria da região.

Para a história ficará: o facto da candidatura ser de todo o Grande Douro, (há pessoas que por isto já ganharam o seu lugar na história desta nossa região); o envolvimento ativo na concretização das ações de toda a região, sem exceção; a participação intergeracional; os resultados na economia; o aumento da notoriedade do território; e, no topo da importância, estruturado um novo projeto de desenvolvimento humano da Cidade do Douro, prevendo, entre outras coisas, cuidados e amparo para os mais velhos e soluções de futuro para os mais novos.

No final de 2023 teremos o fim do Douro como Cidade Europeia do Vinho. Mas não quero ter dúvidas. Teremos consolidado o Douro como Cidade, do vinho, da maçã, do azeite, e, principalmente, a Cidade da humanização!

O Douro já é Cidade!

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui