Vivadouro

Este projeto pretende replicar na zona do Douro aquilo que temos conseguido fazer com muito sucesso na zona de Gondomar, onde temos vindo a publicar um jornal local – o VivaCidade – com características únicas no panorama nacional da comunicação social e que pretendemos adaptar à zona do Douro.

Para produzir um projeto sério é obrigatório termos equipas profissionais e isentas e ter estrutura pois só com implantação local é possível um projeto deste tipo ter sucesso. Esta é a razão porque chamamos ainda projeto à edição de um jornal local no Douro: queremos ter a certeza que é possível e viável um projeto que mantenha vivos e permanentes os nossos princípios.

Para isso, é obrigatório que o projeto possa obedecer aos princípios editoriais que promovemos e que é uma das razões do nosso sucesso. É a independência entre a administração, a direção e a edição; de acordo com o cumprimento da lei, do estatuto editorial e das normas internas e é o conteúdo que é produzido pelos jornalistas, que fazem o seu julgamento independente sobre o interesse informativo e formativo das matérias.

Contudo, o princípio básico que tem norteado a nossa atuação em Gondomar e que queremos seja também adotado no VivaDouro é baseado nas palavras de J. M. Maclean, editor do jornal “Manchester Guardian” que no seu jornal utilizou o lema que nós adotamos: “os factos são factos, mas a opinião é livre”. É este o princípio que também perfilhamos para este projeto e que esperamos que possa ser concretizado muitas vezes nesta região.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *